Barceló vence Prêmio Príncipe das Astúrias

O pintor e escultor Miquel Barceló, de 46 anos, foi anunciado hoje o vencedor do Prêmio Príncipe das Astúrias de Arte. O espanhol bateu uma lista estrelada de concorrentes, entre eles o ex-beatle Paul McCartney, o líder do U2 Bono Vox, o arquiteto Frank Gehry, responsável por projetos da Fundação Guggenheim, e o compositor e produtor teatral britânico Andrew Lloyd Webber, de O Fantasma da Ópera e Cats. No ano passado, o vencedor foi o cineasta Woody Allen.Pela distinção, Barceló vai receber ? 50 mil, além de uma estatueta desenhada pelo conterrâneo Joan Miró. O júri do evento saudou o vencedor elogiando seu "trabalho multifacetado" e seu "vigoroso retrato do mundo natural". "Por meio de um prisma mediterrâneo, sua obra reflete uma proximidade vital com a realidade".Nascido em Maiorca, Barceló teve sua obra exibida em São Paulo em 2001, como parte da mostra De Picasso a Barceló, sucesso de público na Pinacoteca do Estado. Na ocasião, o público pode conferir O Estúdio das Esculturas e a escultura Animal de Pintor, em que retratou seu gato.

Agencia Estado,

12 de junho de 2003 | 10h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.