Bárbara vence a "Casa dos Artistas"

A atriz Bárbara Paz venceu a final do programa "Casa dos Artistas", exibida neste domingo pelo SBT, e levou para casa um prêmio de R$ 300 mil. Os demais finalistas ? Supla, Mari Alexandre, Patrícia Coelho e Alexandre Frota ? foram eliminados um a um pelos telespectadores. Na final contra o ?namorado? Supla, Bárbara de deu melhor e ficou com a bolada. O cantor, que era favorito, leva R$ 100 pelo segundo lugar.O pico de audiência do programa aconteceu por volta das 23h, quando o SBT bateu a Globo por 52 pontos a 17. Quando foi anunciada a vitória, por volta da meia-noite, a audiência estava 50 contra 14. Cada ponto do Ibope equivale a 44 mil televisores ligados.Ao final do programa, duas irmãs e um sobrinho da atriz entraram na casa. Todos os familiares dos finalistas e os concorrentres eliminados entraram na casa para cumprimentá-la ? inclusive a prefeita Marta Suplicy e o seu ex-marido, Eduardo Suplicy.ChoroA atriz chorou o tempo todo. ?Vou para o sul ver a minha família e depois vou comprar uma casa aqui em São Paulo?, disse. Eles se confraternizaram em uma festa no jardim da casa, em que Suplicy entregou um disco de platina ao filho.A votação começou eliminando Alexandre Frota. Ele recebeu cinco votos dos espectadores, contra quatro de Mari Alexandre, e deixou a casa às 22h50. Pelas regras, o finalista que recebesse cinco votos negativos seria eliminado. Com o placar zerado a cada eliminação, o processo se repetiria até que apenas um participante restasse.Às 23h15, foi a vez de Patrícia Coelho deixar a casa. A principal concorrente foi novamente Mari Alexandre, que recebeu outros quatro votos. Mas ela não resistiu à terceira votação e também foi eliminada. Na final, Supla recebeu cinco votos contra um de Bárbara.Show de humilhaçõesA votação foi antecedida pelo show de humilhações que se tornou marca registrada do programa. Os finalistas ouviram ? com sorrisos amarelos ? o apresentador Sílvio Santos relatar todas as críticas publicadas nos últimos dias.Do lado de fora, o SBT preparou um esquema de guerra para a finalíssima. Na expectativa de que uma multidão de 500 curiosos fosse para a porta da casa, no número 482 da Rua Antônio de Andrade Rabelo, no Morumbi, a emissora colocou seis caminhões e 30 seguranças em frente à residência. Outros 20 policiais patrulhavam a área. Um grupo de cerca 250 pessoas, que começou a se formar à tarde, se manteve reunido em frente à casa durante o programa. Entre os curiosos, vários ?clones? de Supla, com cartazes de apoio ao cantor.O comerciante Severino Campos Neto, da Freguesia do Ó, trocou o futebol de domingo para levar os dois filhos para ver os artistas. Ao meio-dia, o garoto Tiago, de 9 anos, que torcia pelo Supla, e Pâmela, de 11 anos, que esperava a vitória de Patrícia Coelho, já estavam na porta da casa. ?Não vamos arredar o pé daqui enquanto eles não aparecerem?, disse a menina. TrânsitoA presença dos curiosos causou tumulto no trânsito do Morumbi. Os seguranças do programa fecharam a rua naquele trecho. A atitude revoltou os moradores do bairro. Houve discussão entre motoristas que tentavam passar pela rua e os seguranças.Agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) foram ao local a pedido dos moradores e informaram que o SBT não tinha permissão para fechar a rua. ?Não vamos sair daqui enquanto a rua não for liberada?, disse um dos operadores de tráfego. Depois de uma conversa com a produção do programa, porém, a viatura foi embora e a rua permaneceu fechada.Às 20h, os parentes dos finalistas começaram a chegar para a festa que aconteceria após a votação. As irmãs de Bárbara e a mãe de Mari Alexandre, dona Otília, chegaram em uma van. Marta Suplicy chegou às 21h30 e entrou sem dar declarações. Já o seu ex-marido, o senador Eduardo Suplicy, que chegou minutos antes da prefeita, mandou seu apoio ao filho. ?Acho que o Supla vai ganhar. É a preferência nacional?, disse. Alessandra Iscatena preparou presentes para todos os participantes. O carro em que chegou estava repleto de flores, para distribuir ao final do programa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.