Walter Campos/Divulgação
Walter Campos/Divulgação

Banda Urbana abre temporada de shows em SP

Coletivo de dez big bands de São Paulo retoma os shows no Teatro da Vila, na Vila Madalena

ROGER MARZOCHI, Agência Estado

04 de fevereiro de 2011 | 10h56

O Movimento Elefantes, coletivo de dez big bands de São Paulo, retoma os shows no Teatro da Vila, na Vila Madalena, em São Paulo. Na segunda-feira, haverá show com a Banda Urbana, que apresentará músicas do seu primeiro disco, Urbana, lançado no final do ano passado. Entre elas está Menina da Fazenda, belíssima composição do trompetista João Lenhari, que é também músico fixo da banda de Roberto Carlos, da banda Soundscape e do grupo de samba-rock, soul e partido alto Sandália de Prata, que faz show amanhã, no auditório Ibirapuera, às 21h.

A inspiração para compor Menina da Fazenda, conta o músico, surgiu na fazenda da família da sua então namorada, em Iacanga, próximo a Bauru, no interior do Estado. "Eu estava de férias e fiquei inspirado, queria fazer uma música para ela. Sentei um dia na varanda, observando a vida do pessoal lá, e com o trompete toquei uma melodia e passei para o papel", lembra. O romantismo e a leveza dessa música contagiam a banda, especialmente nos improvisos.

Questionado se ele não sonha em atrair para a sua música também o público que ama o Rei, uma vez que ele próprio é parte do cantor quando está no palco, responde que sim. "Eu acredito que a nossa música pode se interligar com o público de outros artistas. A Banda Urbana tem um som jazzístico, mas também dançante. Donna Lee (música de Charlie Parker, com arranjo de Lenhari, que está no disco) é uma gafieira. Nossa música não tem letra, mas ''Menina da Fazenda'' tem um sentimento. Acho que o público que curte Roberto Carlos pode curtir a Banda Urbana."

Vinil -  Lenhari estará na "metaleira" do Sandália de Prata, na companhia de Jorge Neto (trombone) e Marcelo Valezi (saxofone) com a voz irresistível da moça Ully Costa. A banda fica completa com Dado Tristão (teclado), Carlinhos Creck (contra-baixo), Sandro Lima (guitarra), Paulinho Sorriso (bateria) e Tito Amorim (percussão).

O show vai comemorar o lançamento do segundo LP da banda, Clássicos em 45 RPM. O primeiro vinil, do CD Samba Pesado, teve tiragem esgotada menos dois meses após o lançamento, em setembro, disco que teve produção e arranjos da própria banda e participação especial de Luis Vagner. Já Clássicos, como o nome diz, reúne os clássicos do samba-rock e dos bailes da periferia de São Paulo: Pena Verde, Pianonegro e Check my Machine.

BANDA URBANA - MOVIMENTO ELEFANTES -  Segunda-feira, 07, às 21h. Teatro da Vila - Rua Jericó, 256 - Vila Madalena. Preço - Pague quanto vale - o público paga o valor que achar justo, após a apresentação.

Duração - 60 minutos

Estacionamento no local, não conveniado.

CLÁSSICOS EM 45 RPM

Sandália de Prata

Sábado, 05, às 21h

Duração: 90 min

Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)

Auditório Ibirapuera

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.