Band exibe estréia de Eastwood na direção

Os elementos que consagrariam seu trabalho como diretor já despontavam no primeiro filme: o uso do jazz como importante condutor da trama, personagens marcadas pela obsessão e a ação situada em Carmel, cidade onde ele morou e foi prefeito nos anos 80. Em 1971, Clint Eastwood estreava na direção com Perversa Paixão, que a Band exibe hoje à noite, a partir da 0h30.Mais conhecido como herói de ação, Eastwood surpreendeu ao assumir a direção de um filme que conta a história de um disc-jóquei (interpretado por ele mesmo) que é perseguido por uma fã: ela tem obsessão pela música Misty e quer ouvi-la em seu programa de rádio.O desejo da mulher torna-se tão intenso que ela ultrapassa os limites da civilidade e passa a atormentar o homem em sua vida particular, até ameaçá-lo de morte. A trama lembra Atração Fatal, que seria rodado anos depois, mas com menor intensidade. Fica, porém, a marca de um dos grandes diretores da atualidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.