Band e Record poderão adotar ombudsman

Bandeirantes e Record poderão seguir o exemplo da TV Nacional, do grupo Radiobrás, que no mês passado anunciou a nomeação de um ombudsman, primeira iniciativa do gênero na televisão brasileira. A sugestão foi apresentada hoje pelo ministro da Justiça, Miguel Reale Júnior, aos diretores das empresas, Johnny Saad, da Band, e Bispo Rodrigues, Record. Conforme o site do Ministério da Justiça, a proposta foi bem recebida por ambos, que deverão se reunir novamente com o ministro após analisar a questão. A figura do ombusman, fazendo a ponte entre os telespectadores e a direção das redes, seria adotada com o objetivo de melhorar a qualidade da programação da televisão brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.