Band bate a Globo e emprega Miss Brasil

A Band transmitiu o concurso Miss Universo, realizado no Panamá, na terça, com uma hora de atraso. Mesmo assim exibiu o crédito "ao vivo" no canto superior direito da tela. Apesar de atrasada, a transmissão rendeu uma façanha de audiência para a emissora: entre meia-noite e 1 h de quarta, manteve média de 9 pontos no Ibope, contra 7 da Globo.Só a Band comemorou, já que o título ficou com Amélia Vega, da República Dominicana, que também levou o prêmio de Traje Típico. A modelo de 18 anos e 1,83m foi eleita a mais bonita, inteligente, elegante e simpática entre 71 misses. Os outros quatro países finalistas foram Venezuela, África do Sul, Sérvia e Montenegro e Japão.Miss repórter - A Miss Brasil Gislaine Ferreira não levou o título, mas deu uma guinada em sua vida profissional: vai virar repórter da Band. A moça, que estuda jornalismo e diz ter experiência em reportagens esportivas, foi convidada pela emissora para fazer sua estréia nacional no Jornal da Band, ainda esta semana. No concurso, apesar do favoritismo, a brasileira não apareceu nem sequer entre as cinco finalistas. Gislaine é mineira e venceu o Miss Brasil representando o Tocantins. No Miss Universo, ela ficou entre as dez melhores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.