Balthus morre aos 92 anos

O pintor Balthus morreu neste domingo, aos 92 anos, em seu chalé na Suíça. O artista francês de origem polaca deixou a clínica onde estava internado no sábado. Faria 93 anos em dez dias. Balthus, pseudônimo de Balthasar Klosowski de Rola, filho de pintores e irmão do pintor e escritor Pierre Klosowski, morava na Suíça desde 1977 junto a sua segunda esposa, Setsuko, de origen japonesa.Sua obra, de tom naïf e intimista, teve também uma veia de sutil surrealismo. Nascido en Paris, em 1908, Balthus foi um dos poucos artistas que expôs suas obras no Louvre enquanto estava vivo. Ao contrário da maioria de seus contemporâneos mais famosos, Balthus manteve-se fiel à arte figurativa. Seus últimos trabalhos mostravam meninas adolescentes absortas em sonhos românticos. Alguns especialistas o consideram seguidor da tradição do espanhol Diego Velázquez e do francês Nicolas Poussin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.