Balé da China retrata tradição do país

A bailarina chinesa Yang Liping levou um ano para montar o espetáculo Shangri-La que sobe hoje ao palco do Credicard Hall, com mais de 60 artistas em cena. Yang Liping é considerada a artista mais famosa da China. Mesmo sem nunca ter estudado dança em sua vida, Liping já ganhou vários prêmios internacionais por seus números baseados nas tradições de seu país. É daí que a dançarina tira inspiração para o espetáculo.Os bailarinos foram recrutados entre a população da província de Yunnan, local onde Yang realizou todas as pesquisas para a concepção do espetáculo. A coreografia retrata histórias e costumes de 20 grupos étnicos e traz solos da coreógrafa. Sangri-La - Credicard Hall (Av. das Nações Unidas, 17.955, tel.: 6846-6010, Ingressos: de R$ 40 a R$ 80.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.