Bailarinas russas obesas fazem turnê na Grã-Bretanha

Um grupo de dança composto somente por bailarinas e bailarinos com mais de 100 quilos deve fazer uma extensa turnê em março na Grã-Bretanha, com 27 espetáculos em pouco mais de um mês. Esta é a primeira vez que o grupo de dança russo Big Ballet (Grande Balé) excursiona no país. Os palcos onde o grupo se apresenta tiveram que ser examinados pelas autoridades para garantir que são resistentes ao peso dos dançarinos.Segundo revelou Katya Yurkowa, uma das bailarinas do grupo, em entrevista ao jornal The Independent, os integrantes são obesos por razões "genéticas" e a quantidade de comida consumida pelas bailarinas "é igual a de todo mundo". O grupo foi fundado em Perm, nos Montes Arais, região oeste da Rússia, em 1994, sob a influência do coreógrafo Evgeny Panfilov. O objetivo era contestar o preconceito de que pessoas acima do peso não deveriam se arriscar no balé.Alexej Ignatov, um dos produtores do espetáculo, disse que a Grã-Bretanha é o país ideal para dar início à turnê internacional do grupo por causa do intenso debate no país sobre peso e alimentação saudável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.