Bahia convida autoridades para despedida de Jorge Amado

O governador Cesar Borges (PFL-BA) afirmou hoje que o governo da Bahia está preparado para receber "todas as autoridades, inclusive o presidente da República, que queiram participar da despedida" do escritor Jorge Amado, cujo corpo está sendo velado no Palácio da Aclamação, em Salvador. "Ainda não recebemos nenhuma notícia oficial de Brasília, mas estamos prontos para o que for necessário", disse o governador. Borges deixou o palácio pouco depois da meia-noite. "Esse grande baiano vai ficar na memória através de seus personagens", disse o governador. "Tudo o que fizemos ainda é muito pouco para homenagear o maior escritor do Brasil."Inspiração - O ex-senador Antônio Carlos Magalhães, que acompanhou o corpo do escritor desde o final da tarde de ontem, quando ele faleceu, também deixou há pouco o salão nobre do palácio da Aclamação. "O Brasil perde o seu maior escritor e eu perco um grande amigo, um homem que sempre me incentivou, desde o início de minha carreira", afirmou ACM. Para ele, o País "deveria buscar nos livros de Jorge Amado a sua inspiração".

Agencia Estado,

07 de agosto de 2001 | 00h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.