Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

'Babilônia' tem sexo demais e amor de menos aponta pesquisa

Por causa da audiência muito aquém do esperado, Babilônia teve suas rodadas de grupos de discussão antecipadas. O método de pesquisa é realizado há anos pela Globo em suas novelas e normalmente ocorre lá pelo capítulo 30. No caso de Babilônia, que entrou no ar há menos de um mês, os grupos de discussão ocorreram esta semana, em São Paulo. Para os participantes, o folhetim de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga tem sexo demais e amor de menos. Ainda de acordo com eles, os personagens mais queridos são Regina (Camila Pitanga), Vinícius (Thiago Fragoso) e Teresa (Fernanda Montenegro) porque "são éticos". E, como nem tudo é o que parece ser em campanhas encabeçadas por este ou aquele segmento nas redes sociais, não foi detectada rejeição ao casal de lésbicas protagonizado por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg e combatido por líderes evangélicos que tentaram promover um boicote à novela.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2015 | 02h05

Na última semana, a Globo clareou o logotipo e jogou mais luz em cena. Havia muitas queixas em relação à escuridão das cenas. A novela já chegou a marcar 23 pontos na Grande São Paulo, praça onde seria razoável alcançar no mínimo 30 pontos. Consultada pela coluna, a emissora alegou, via assessoria de imprensa: "Não mudamos a abertura, ajustamos um pouco a iluminação e as cores, achamos que merecia, pois no ar estava mais escura do que pretendíamos. Um ajuste simples. O logo não mudou, sempre teve a opção de uso em branco ou em vermelho. Como clareamos as cenas, optamos pelo branco".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.