Babel Xilogravura de J. Borges chega à Índia

O cordelista e xilogravurista J. Borges não achou muito bonito o material que a WMF Martins Fontes mandou para ele em Bezerros (PE), com pesquisa iconográfica que mostrava representações de deuses indianos, ainda assim topou o desafio de adaptar uma lenda sobre livros envolvendo essas figuras. A ideia da obra partiu da independente Tara Books, com sede na cidade de Chennai, no sul da Índia, que conheceu o trabalho do artista nordestino num livro de Eduardo Galeano, Palavras Andantes, que ele ilustrou. No fim de 2010, os indianos procuraram a WMF, parceira na edição de alguns títulos, pedindo uma dica para chegar até J. Borges. No mês passado, os representantes da editora que foram à Feira de Frankfurt levaram na mala as matrizes em madeira. Da Alemanha, elas seguiram para a Índia, onde os volumes serão impressos em papel artesanal numa espécie de tipografia chamada letterpress. A obra, com 12 gravuras, sairá em inglês lá; aqui, deve ganhar o título de O Rei Que Gostava de Ouvir Histórias.

O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2011 | 03h09

E-BOOK 1

O Google vem aí

O início das operações do Google Books no Brasil está mais perto do que se imaginaria - e pode acontecer antes mesmo que a concorrente Amazon consiga preencher a vaga de gerente aberta por aqui desde maio. No dia 8 de dezembro, Tom Turvey, diretor de parcerias, e James Crowford, diretor de engenharia, recebem editores brasileiros para um café da manhã na sede da empresa, em São Paulo. Eles vão apresentar "os produtos e as novidades para o mercado de livros no Brasil". Recentemente, a empresa americana contratou Newton Neto, ex-diretor da Singular, o braço digital da Ediouro, para preparar sua entrada no mercado brasileiro.

*

A Amazon também ensaia sua chegada, mas ainda não encontrou uma forma de aportar aqui. Representantes da empresa já se reuniram com editoras e livrarias brasileiras, e profissionais mais inteirados no assunto e-book já foram sondados para integrar o time da Amazon, sem que nenhuma contratação ou parceria tenha se concretizado até agora. A vaga de gerente foi a primeira a ser aberta. Agora há mais duas: gerente de marketing (desde julho) e representante de vendas (desde outubro).

E-BOOK 2

Aposta em didáticos

No Brasil desde 2004, a Edições SM, especializada em livros infantis e didáticos e pertencente ao Grupo SM, da Espanha, acaba de contratar Gabriela Dias como gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Livros Digitais. Até então, Gabriela cuidava do assunto na Moderna, a primeira editora a conseguir criar um projeto de livro digital didático mais próximo da realidade educacional brasileira, que unia o tradicional material impresso e conteúdo digital adicional. Ela tem também vasta experiência na produção de CD-ROM e afins, característica ainda mais valorizada com a publicação, na semana passada, do edital do Fundo Nacional da Educação que prevê, para 2014, a compra de didáticos com DVD-ROM.

POLÍTICA

De casa nova

Autor de livros fundamentais sobre teoria política, alguns dos quais esgotados, Carlos Nelson Coutinho terá seu próximo livro editado pela Boitempo. O livro de estreia na nova casa será De Rousseau a Gramsci: Ensaios de Teoria Política, que chega às prateleiras no fim do mês. Especialista em Gramsci e Lukács, o professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro escreve agora sobre os fenômenos políticos, como a democracia, a partir do pensamento de Rousseau, Hegel, Marx e Gramsci.

TELEVISÃO

Livros de cabeceira

O Canal Futura estreia em janeiro um programa dedicado à literatura. Livros Que Amei será uma série com 13 episódios que vai abordar o universo literário a partir da relação dos leitores com seus livros de cabeceira. Fausto Fawcett é o primeiro convidado e contará quais são suas manias quando o assunto é leitura e revelará as obras fundamentais de sua formação. Adriana Calcanhotto, Sérgio Sant'Anna e Hermano Vianna também serão entrevistados pelo programa que, como se vê, contempla vários segmentos da cultura.

MERCADO

Quero ser Nicholas Sparks

Enquanto Sextante, LeYa e Novo Conceito brigavam pela obra do best-seller americano Nicholas Sparks nos bastidores da última edição da Feira do Livro de Frankfurt, em outubro, uma outra disputa estava em curso. Mais modesta, mas mesmo assim ousada, já que se tratava de um autor estreante, ela deu à Benvirá o direito de publicar no Brasil The Promise Of Stardust. A autora, Priscille Marcille Sibley, é uma ex-enfermeira que escolheu contar em seu primeiro livro uma história de amor que terá como pano de fundo uma disputa judicial pelo direito à vida. Seu livro ainda será editado pela HarperCollins, a casa de Paulo Coelho nos EUA, mas a esperança dos editores é de que esteja surgindo um novo Nicholas Sparks. O lance da Benvirá foi de mais de US$ 50 mil.

FILOSOFIA

Flusser inédito em português

Nos 20 anos da morte de Vilém Flusser (1920-1991), filósofo checo naturalizado brasileiro, a Annablume lança Vampyroteuthis Infernalis. Publicada originalmente em alemão em 1987, a edição que chega às livrarias no fim do mês foi escrita pelo próprio Flusser em português - ele tinha o costume de reescrever suas obras em diferentes línguas. A narrativa, em formato de fábula, faz uma crítica ao discurso científico. Para marcar o lançamento, haverá, no dia 28, na Galeria Virgílio, em São Paulo, o Encontro Paranaturalista por Ocasião dos 91 Anos com Vilém Flusser. A Annablume, que já editou dez títulos de Flusser desde 2009, prepara para o ano que vem outros dois inéditos - Gestos e Juden Sein.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.