Babel

PREÇOS

Raquel Cozer, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2011 | 00h00

Dúvidas iniciais sobre o Programa do Livro Popular

Pequenos editores acompanham, entre animados e preocupados, os primeiros passos do Programa do Livro Popular, anunciado pela presidente Dilma Rousseff anteontem, na abertura da Bienal do Livro Rio. Se o incentivo à ampliação de leitores pela compra de livros pelo governo a R$ 10 é visto com bons olhos, a faixa única de preços faz editores como Haroldo Ceravolo, da Alameda, temerem a inviabilidade de produção. "É preciso que seja economicamente viável produzir livros com esse preço final, caso contrário a tendência será sempre a venda de encalhe de grandes editoras ou de volumes de má qualidade material", diz o editor, eleito para a presidência da Libre, que reúne casas pequenas e médias. A preocupação foi apresentada a Galeno Amorim, presidente da Fundação Biblioteca Nacional, que não pensa em alterações no formato que idealizou. "Precisamos ter a clareza de que nem todas as editoras terão interesse ou possibilidade de produzir livros para o programa. Não dá para esperar participação de 100% do mercado", afirma.

BIOGRAFIA

Best-seller em andamento

Ainda faltam três capítulos para Walter Isaacson concluir a biografia de Steve Jobs, mas a obra sobre o fundador da Apple já aparece até com número de páginas, 448, na pré-venda da Amazon - e lidera listas de biografias e negócios no site. Isaacson corre para cobrir fatos recentes, como a renúncia de Jobs do comando da empresa, a tempo do lançamento mundial, em 21/11. Aqui, sai pela Companhia das Letras.

ROMANCE

História íntima

Domingos Pellegrini prepara-se para lançar por sua nova editora, a Leya, um romance com base na história de sua mãe, mulher forte que, aos 80 anos, entrou em coma. A Herança de Maria é o primeiro de dois livros que o autor tem contratados pela casa.

PARCERIA

Entre Brasil e Portugal

A paulistana Annablume lança em outubro os primeiros títulos de uma parceria com uma editora portuguesa de quase 500 anos, a Imprensa da Universidade de Coimbra. A estreia será no 18.º Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, com coedições de volumes da coleção Portugaliae Monumenta Neolatina, que reúne nomes do humanismo português.

INTERCÂMBIO

Para americano ler

Com evento de lançamento em outubro, Luso-American Literature: Writings by Portuguese-Speaking Authors in North America, organizado por Robert Henry Moser e Luciano Tosta, apresenta aos americanos contos, poemas, memórias e peças de brasileiros, portugueses e cabo-verdianos estabelecidos ou com forte relação com os EUA. O sobrenome que Robert compartilha com Benjamin Moser, autor da biografia Clarice, é coincidência. "Mas fiquei morrendo de inveja quando soube do livro dele", diz o professor da Universidade de Geórgia.

MUDANÇA

Por trás da Máfia

Na Itália, Roberto Saviano teve seu mais recente título, Vieni Via Con Me, publicado pela Feltrinelli, e não pela editora de obras anteriores, a Mondadori - resultado da troca de farpas com a presidente da casa, Marina Berlusconi, filha do premiê italiano. Saviano a acusa de pressioná-lo por "medo político". A mudança repercutiu aqui: com o best-seller Gomorra e dois outros títulos pela Bertrand Brasil, Saviano terá o novo livro pela Companhia das Letras, com o nome A Máquina da Lama.

*

O título original é o mesmo de programa que o jornalista teve com o apresentador Fabio Fazio e foi a sensação da TV italiana em 201o, com histórias da sociedade.

AQUISIÇÃO

O novo Perrotta

Recém-lançado nos EUA, The Leftovers, de Tom Perrotta, foi comprado pela Intrínseca. O romance, alusivo ao 11 de Setembro, aborda reações de sobrevivência de pessoas que resistiram a uma grande tragédia. O título mereceu recente capa, assinada por Stephen King, no suplemento literário do New York Times, e está sendo adaptado para a HBO pelo próprio Perrotta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.