Babel

DIGITAL

Raquel Cozer, raquel.cozer@grupoestado.com.br, O Estado de S.Paulo

06 de novembro de 2010 | 00h00

Selo lançará primeiro livro infantil de Paulo Coelho

Um título infantil de Paulo Coelho - o primeiro em quase 30 anos de carreira - está entre as apostas para 2011 da Benvirá, selo de ficção e não ficção da Saraiva que completa um ano em abril. A sugestão foi feita ao best-seller pelo diretor editorial Thales Guaracy, que antes disso coloca no mercado versões paradidáticas de três obras dele já publicadas, Veronika Decide Morrer, O Alquimista e O Demônio e a Srta. Prym. "O infantil será algo no estilo Alice no País das Maravilhas, no sentido de ter mais texto que imagem. A ideia é que seja um título que os pais e os filhos possam ler", diz Guaracy. Outro dos investimentos do selo será em obras de grandes autores de língua inglesa ainda não editadas no Brasil. Caso, por exemplo, de William Faulkner (1897-1962), de quem a Benvirá publicará a primeira tradução do volume de contos Knight"s Gambit (1949) - além de novas edições de cinco outros títulos -, e de Patricia Highsmith (1921-1995), com This Sweet Sickness (1960), A Suspension of Mercy (1965) e The Black House (1981).

INFANTIL

Mordida em Picasso

Filho da fotojornalista Lee Miller com o pintor surrealista Roland Penrose, o inglês Antony Penrose guardou de eventos na casa dos pais uma recordação que virou livro de título autoexplicativo: O Menino Que Mordeu Picasso. Ilustrado com obras do espanhol feitas para o menino e fotos deles juntos (foto), o livro inclui lembranças sobre o artista que "cheirava a perfume francês" e cujo paletó de tweed "pinicava".

*

Sobre a mordida-título, Tony relata que Picasso revidou. E ainda comentou: "Foi a primeira vez que mordi um inglês!"

CONGRESSO

Escritores no Brasil

O ficcionista cubano Pedro Juan Gutiérrez, a escritora e ensaísta americana Camille Paglia e o francês Roger Chartier, estudioso da história do livro e da leitura, confirmaram presença no 3.º Congresso Internacional de Jornalismo Cultural, que acontece de 16 a 20 de maio de 2011 em São Paulo.

*

Outra estrela do evento promovido pela Cult e por universidades é do meio cinematográfico. O alemão Werner Herzog aceitou convite para falar sobre Glauber Rocha nos 20 anos da morte do diretor brasileiro.

MÚSICA

O livro dos Beatles

Depois que Paul McCartney se apresentar em São Paulo, no fim deste mês, fãs encontrarão nas livrarias a HQ O Pequeno Livro dos Beatles, do francês Hervê Bourhis. Nos moldes de O Pequeno Livro do Rock, o novo título da Conrad terá lançamento na Livraria Cultura, com presença do autor.

SUPER-SELLER

Ecos de um sucesso

Cinco dias bastaram para Cemitério de Praga, romance de Umberto Eco lançado no último dia 29 na Itália, precisar de três impressões e chegar ao topo das listas de mais vendidos na Itália. Com 370 mil cópias, a obra tem sido comparada ao maior sucesso de Eco, O Nome da Rosa, lançado há exatamente 30 anos. A nova saga de conspirações e assassinatos sai pela Record em 2011.

HISTÓRIA

Idade Média revisitada

A Editora da Unicamp pretende traduzir até 2012 ao menos meia dúzia de títulos recentes que revisam temas do período medieval. Ainda este ano, sai A Cavalaria, de Dominique Berthélemy. Em 2011, Cidades e Sociedades Urbanas na Itália Medieval, de Patrick Gilli, e A Guerra Santa, de Jean Flori. O primeiro da série foi Inventar a Heresia?, organizado por Monique Zerner e traduzido por Néri de Barros Almeida.

INTERCÂMBIO

Edições bilíngues

Contatos em Frankfurt renderam ao selo Demônio Negro parcerias com a editora italiana Edizione Torino Poesia e a inglesa &Others Stories. A intenção é publicar títulos bilíngues, na Itália, Inglaterra e aqui, preparando catálogo para 2013, quando o Brasil será homenageado na feira alemã. O foco editorial será em poesia contemporânea.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.