Babel e Ugly Betty vencem os prêmios ALMA

Cada produção levou quatro prêmios; Rodrigo Santoro participou do evento

Agencia Estado

07 Junho 2012 | 03h37

Os prêmios ALMA, dedicados às conquistas dos hispânicos no mundo do espetáculo, deram neste sábado a Babel a vitória que o Oscar negou, numa cerimônia marcada pela confusão de línguas e que teve como maior surpresa a consagração da série de TV Ugly Betty, versão americana da novela colombiana Betty, La Fea. No total, Babel recebeu quatro prêmios: melhor filme, melhor diretor (Alejandro González Iñárritu), melhor roteiro (Guillermo Arriaga) e melhor (Adriana Barraza). De todos os candidatos por Babel, só o mexicano Gael García Bernal não foi premiado. Indicado como melhor ator, perdeu para Jesse García, por Quinceañera. Ugly Betty também ganhou quatro prêmios: melhor produção, melhor atriz (America Ferrera), melhor atriz coadjuvante (Ana Ortiz) e melhor roteiro (Silvio Huerta). A premiação fez a alegria da produtora da série, a atriz Salma Hayek. O brasileiro Rodrigo Santoro, depois de lembrar que sua língua é o português, afirmou que se sentiu "muito unido" à comunidade hispânica. A banda Los Lobos recebeu um prêmio especial. Outras atrações musicais no palco foram Prince e Calle 13.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.