"Babel" é lançada em Florianópolis

Babel n.º 2, a revista de poesia quer ser do contra chega ao segundo número. Editada em Florianópolis, Santa Catarina, os editores definem a posição da revista como "contra o mercado, contra a língua, contra pensamentos fossilizados, estruturados, consolidados". A publicação será lançada na quarta, a partir das 18h30, nas Livrarias Catarinense MegaStore (R. Felipe Schmidt esq. Trajano, Florianópolis - SC)O novo número traz uma entrevista com Luiz Nazário, poemas de Glauco Mattoso que é também entrevistado por Maria Lúcia de Barros Camargo, uma antologia de poemas de Sérgio Rubens Sossélla, poeta obstinado que já publicou cerca de 300 livros.E novos poetas como: Celso Gutfreind, Denniz Radünz, Floriano Martins, Igor Rossoni, Joca Reiners Terron, Laura Florence, Marcelo C Menegon, Marco Aurélio Cremasco, Marco Queiroz Silva, Marília Kubota, Paulo de Toledo, Pedro Maciel e Rodrigo Garcia Lopes.E mais três novos poetas estrangeiros: Rajinderpal S Pal, indiano que vive no Canadá; o argentino Martín García e o francês Christophe Manon. Um poema de Oscar Wilde lembra o centenário de sua morte e homenageia sua irreverência. Há ainda nos segundo número poemas inéditos de Kavafis, poeta grego de Alexandria, traduzido pela primeira vez por José Paulo Paes. Babel Revista de poesia, crítica e tradução N.º 2 - maio-agosto/2000. Editor: Ademir Demarchi - revistababel@uol.com.br

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.