Fran Rebelatto/Divulgação
Fran Rebelatto/Divulgação
Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S.Paulo

11 de fevereiro de 2012 | 03h00

Filosofia brasileira para exportação

A notícia vem dos Estados Unidos e não tem nada a ver com o esforço do Governo em tornar a produção literária brasileira conhecida mundo afora e nem com o interesse das editoras de exportar seus talentos. E passa longe das listas de mais vendidos. Em 2005, Frederick Rauchen, professor da Universidade de Michigan, veio a São Paulo para o Congresso Internacional de Kant, que pela primeira vez era realizado fora da Alemanha ou dos Estados Unidos, e conheceu o livro Kant no Brasil (Escuta), organizado por Daniel Omar Perez, da PUC do Paraná. Foi embora com a ideia de publicar algo do gênero em seu país para romper a barreira da língua e aproximar pesquisadores daqui e de lá. Tempos depois começou a trabalhar com o colega brasileiro na seleção dos 20 artigos, reunidos agora em Kant In Brazil (US$34,95), que sai em maio pela série North America Kant Society Studies in Philosophy, da editora da Universidade de Rochester. Perez diz que esta é a primeira coletânea exclusiva de brasileiros editada por entidades científicas de fora do País. A edição tem a chancela da Sociedade Americana Kantiana e entre os autores estão Ricardo Terra e Guido de Almeida. Rauchen vem ao Brasil em junho para alguns seminários e vai divulgar o livro por aqui. Enquanto isso, Perez estará na Alemanha para uma temporada de pesquisas e de palestras - e também para promover a obra. 

ENSAIO

No dia a dia

A Objetiva lança no segundo semestre uma coleção da The School of Life, centro de estudos de filosofia fundado pelo escritor Alain de Botton com sede em Londres. Serão seis títulos - um deles, Como Pensar Mais em Sexo, do próprio Botton. Outros autores escrevem sobre dinheiro, sanidade, trabalho, engajamento social e era digital. 

LIVRARIA

Fim das atividades

Depois de reformular o site de sua livraria virtual no fim do ano, a Imprensa Oficial fechou duas de suas lojas mais simpáticas: a da Casa das Rosas, especializada em poesia, e a do Museu da Língua Portuguesa, cujo defeito era não ter entrada por ele. A empresa está mudando de perfil e outras novidades são esperadas para março, quando deve ser definido o conselho editorial.

MERCADO

O destino da Tordesilhas

A Alaúde, voltada para livros de nutrição, automobilismo e assuntos cotidianos, contratou em 2010 Joaci Pereira Furtado, ex-Globo, para criar um “selo de qualidade”. Nascia a Tordesilhas. Hoje, nove meses depois do primeiro livro, há indícios de que ela estaria inclinada a mudar de linha, investindo em best-sellers. É o que comenta Furtado, que acaba de ser demitido. Entre as obras que ele levou para lá estão A Pianista, da Nobel Elfriede Jelinek, e a primeira tradução do sânscrito de Kama Sutra

O publisher Antonio Cestaro, no entanto, diz que nada muda. “O selo Tordesilhas é hoje sinônimo de requinte editorial. Essa identidade permanece como característica básica e o novo arranjo estrutural trará novidades que estão atualmente em estudo.”

ANTROPOLOGIA

A cidade do futuro

Será lançado em março, pela 34, A Cidade no Brasil, do antropólogo Antonio Risério. Ele examina o fenômeno urbano a partir de temas como a implantação da cidade ibérica na América, a influência africana e das migrações modernas e o “sonho” de Brasília.

FILME

Estreia no cinema

Luis Fernando Verissimo agora é ator. Ele fez uma ponta do filme Simone, baseado na história de Simone Telecchi, que após vários relacionamentos com mulheres se envolveu com um homem pela primeira vez. A cena, escrita especialmente pelo diretor Juan Zapata para o escritor, foi gravada em Porto Alegre. Verissimo estava acompanhado dos músicos de sua banda Jazz 6 e durante os 15 minutos da gravação eles ganharam R$ 14,50 dos pedestres. “Sou fã dele. Foi graças a seus textos que eu me motivei a aprender o português quando cheguei ao Brasil em 2004”, diz Zapata.

SOCIOLOGIA

Analisando a ocupação

O movimento Ocupe Wall Street, que começou a ganhar força em outubro de 2011, é tema de Occupy, que a Boitempo e o site Carta Maior publicam em março. São 11 artigos de pesquisadores brasileiros e estrangeiros como Slavoj Zizek (Wall Street/ A Tinta Vermelha), Noam Chomsky (Ocupar o Futuro), Tariq Ali (O Espírito da Época), Vladimir Safatle (Discurso ao Ocupa Sampa) e Emir Sader (2011: Crise Capitalista e Novo Cenário no Oriente Médio). A apresentação é do historiador Henrique Carneiro.

REEDIÇÃO

Contos de Ricardo Ramos

Quem assina o prefácio de Circuito Fechado, de Ricardo Ramos, é Lygia Fagundes Telles. Esse é um dos nove livros de contos que o filho de Graciliano Ramos deixou e que a Globo começa a reeditar. Há ainda ensaios, romances e títulos juvenis. Esta primeira coletânea sai em março.

FEIRA

Skármeta em Brasília

O último trabalho do escritor chileno Antonio Skármeta, de O Carteio e o Poeta, a que o brasileiro teve acesso não foi bem um livro, mas uma música - Obra de Arte, feita com Toquinho e que está no recém-lançado álbum Quem Viver Verá. Mas não é para dar uma palhinha no show do amigo que ele vem para cá em abril. Ao lado de Hector Abad Faciolince (Colômbia), Mempo Giardinelli e Juan Gelman (Argentina), Mario Bellatin (México), Senel Paz (Cuba) e Sergio Ramírez (Nicarágua), Skármeta participa da Jornada de Literatura Hispano-americana. A programação integra a 1.ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura, marcada para o período de 14 a 23 de abril, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Mais vendidos

FICÇÃO

1. O FESTIM DOS CORVOS
George R.R. Maartin
Leya Brasil
(Última -/1semana)

2. UM DIA
David Nicholls
Intrínseca
(Última 1º/14 semanas)

3. CEMITÉRIO DE PRAGA
Umberto Eco
Record
(Última 7º/14 semanas)

4. AS ESGANADAS
Jô Soares
Companhia das Letras
(Última 5º/14 semanas)

5. SILÊNCIO
Becca Fitzpatrick
Intrínseca
(Última 4º/4 semanas)

6. OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES 
Stieg Larsson
Companhia das Letras
(Última 6º/2 semanas)

7. MARINA
Carlos Ruiz Zafón
Suma de Letras
(Última 8º/15 semanas)

8. A MENINA QUE BRINCAVA COM FOGO
Stieg Larsson 
Companhia das Letras
(Última -/1 semana)

9. A GUERRA DOS TRONOS
George R.R. Martin
Leya Brasil
(Última 2º/39 semanas)

10. UM HOMEM DE SORTE
Nicholas Sparks
Novo Conceito
(Última 9º/12 semanas)

NÃO FICÇÃO

1. O X DA QUESTÃO
Eike Batista
Sextante/GMT
(Última 1º/8 semanas)

2. A PRIVATARIA TUCANA
Amaury Ribeiro Jr.
Geração
(Última 2º/8 semanas)

3. STEVE JOBS
Walter Isaacson
Companhia das Letras
(Última 3º/14 semanas)

4. É TUDO TÃO SIMPLES
Danuza Leão
Agir
(Última 4º/11 semanas)

5. GUIA POLITICAMENTE INCORRETO DA AMÉRICA LATINA
Leandro Narloch e Duda Teixeira
Leya Brasil
(Última -/17 semanas)

AUTOAJUDA

1. ÁGAPE
Padre Marcelo Rossi
Globo
(Última 1º/75 semanas)

2. NIETZSCHE PARA ESTRESSADOS
Allan Percy
Sextante
(Última 2º/21 semanas)

3. QUAL É A TUA OBRA?
Mario Sergio Cortella
Vozes
(Última -/1 semana)

4. A VIDA SABE O QUE FAZ
Zibia Gasparetto
Vida e Consciência
(Última 4º/26 semanas)

5. MULHERES INTELIGENTES, RELAÇÕES SAUDÁVEIS
Augusto Cury
Planeta do Brasil
(Última 5º/39 semanas)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.