Avril Lavigne rejeita acusação de plágio

Grupo Rubinoos diz que o hit 'Girlfriend' da cantora canadense é uma cópia

Reuters

10 de julho de 2007 | 14h37

A cantora pop canadense Avril Lavigne rejeitou acusações de que teria plagiado trabalhos de outros artistas, descrevendo-as como falsas e dizendo que está considerando a possibilidade de procurar a Justiça.Uma ação judicial movida na semana passada por dois compositores dizendo que Girlfriend, o novo hit de Avril, soa como a faixa gravada nos anos 1970 pela banda pop californiana The Rubinoos, não tem "mérito algum", disse Lavigne."Nunca ouvi a canção deles na vida, e a alegação deles é baseada em cinco palavras! Todas as canções têm letras e emoções em comum. Nós, como humanos, falamos a mesma língua", disse Avril em carta postada na sexta-feira em seu site.A pop star de 22 anos disse que estuda a possibilidade de mover uma ação legal contra Chantal Kreviazuk depois de a compositora canadense ter afirmado na revista Performing Songwriter que Avril copiou uma idéia dela."Que fique totalmente claro que não plagiei ninguém nem fiz nada de errado", disse a pop star em carta endereçada à mídia, a seus fãs e amigos. "Não mereço essa atenção negativa da imprensa", disse ela. "Eu me orgulho das canções que escrevo e aprecio as oportunidades que venho tendo de trabalhar com grandes compositores e músicos."Famosa por canções como Complicated e Sk8er Boi, Avril Lavigne lançou em abril seu terceiro álbum, The Best Damn Thing, que liderou as paradas nos Estados Unidos e no Reino Unido."Eu gostaria de dizer mais, mas meus advogados me aconselharam a não fazê-lo. Por que é que, quando você alcança um certo nível, as pessoas querem atacar você? E agora eu já disse o que tinha a dizer."

Tudo o que sabemos sobre:
Avril Lavigneplágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.