Autora de "Harry Potter" lança mais dois livros

Bruxos e bruxas, comemorem! Chegaram ao mercado editorial dois livros que não podem faltar em nenhuma casa mágica: Quadribol Através dos Séculos, de Kennilworthy Whisp, e Animais Fantásticos & Onde Habitam, de Newt Scamander, ambos pseudônimos de ninguém menos que J.K. Rowling, a autora da série Harry Potter, que escreveu esses dois novos livros a pedido dos fãs. Scamander e Whisp são "ex-alunos da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts". Whisp é especialista em quadribol. Fez uma pesquisa completa e traz um histórico do esporte preferido dos bruxos. Dumbledore, que escreveu o prefácio das obras, afirma que seu livro é um dos mais consultados na biblioteca de Hogwarts. O jogo foi precedido por outras práticas com vassouras antes de chegar ao formato atual: sete jogadores de ambos os sexos e quatro bolas. Um goleiro defende os três arcos dispostos em postes a 15 metros de altura enquanto três artilheiros tentam marcar gols (que valem dez pontos cada), arremessando a goles entre um dos arcos. Dois batedores rebatem os balaços e o apanhador (posição em que Harry Potter joga desde o primeiro ano) persegue o pomo de ouro: capturá-lo garante 150 pontos e encerra a partida. Não tente isso em casa se não tiver uma vassoura especial! Whisp também fala sobre as regras atuais, a introdução do pomo de ouro, as faltas mais comuns, a regulamentação do esporte pelo Departamento de Jogos e Esportes Mágicos e os principais times da atualidade - o da Bulgária, Abutres de Vratsa, é o grande campeão. Enquanto esperam pela carta de convocação de Hogwarts (os alunos habilitados são convidados a ingressar na escola), os adolescentes podem se preparar lendo Animais Fantásticos & Onde Habitam. É um excelente guia para as aulas de Trato das Criaturas Mágicas: descreve 75 espécies e seus respectivos hábitos, costumes e origens. O livro também informa quais são os mais perigosos, que matam bruxos e são impossíveis de treinar. Scamander escreve com conhecimento de causa: quando era pequeno já se interessava por animais mágicos e foi incentivado pela mãe, criadora de hipogrifos de luxo (criaturas com cabeça de águia e corpo de cavalo). Em viagens internacionais de pesquisa, reuniu as informações para o livro. Falta a catalogação dos explosivins, animais enfrentados por Harry Potter e seus colegas no quarto ano de Hogwarts. Eles assustavam os alunos: suas caudas explodem e soltam faíscas, impulsionando-os para frente. Cada livro custa R$ 12 e tem 64 páginas: isso significa leitura para poucas horas, considerando o sabor do texto de Rowling.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.