Divulgação/Intrínseca
Divulgação/Intrínseca

Autora de ‘Garota Exemplar’ vai adaptar Shakespeare

Gillian Flynn participa do projeto da editora Hogarth para reescrever obras do bardo inglês

EFE

28 de maio de 2014 | 11h22

A escritora americana Gillian Flynn, autora do bestseller Garota Exemplar (publicado no Brasil pela Intrínseca), vai escrever uma nova versão em prosa de Hamlet, uma das peças mais célebres de William Shakespeare. Flynn adaptará a história para os leitores do século 21.

O trabalho faz parte do projeto “Hogarth Shakespeare”, iniciativa da editora britânica para publicar obras adaptadas do bardo 400 anos depois de sua morte. Autores como Jo Nesbo e Margaret Atwood já foram contratados para criar novas versões de Macbeth e A Tempestade, respectivamente.

“Hamlet sempre foi fascinante para mim: há assassinatos, traição, vingança, engano, loucura... minhas coisas favoritas”, disse Gillian Flynn à rede britânica BBC nesta quarta-feira. Para ela, Hamlet é uma das obras mais intrigantes de Shakespeare. “Que escritor não fica tentado a reimaginar esta história?”, questiona

A peça, a maior das tragédias de Shakespeare, gira em torno da aparição do fantasma do rei Hamlet da Dinamarca, assassinado pelas mãos de seu irmão Claudio, na frente de seu filho, o príncipe Hamlet, ao qual pede que vingue sua morte.

::: Cultura Estadão nas redes sociais :::
:: Facebook ::
:: Twitter ::

O escritor britânico Howard Jacobson também foi convidado para o projeto, e deve adaptar O Mercador de Veneza. “A ideia de se aproximar de Shakespeare... você tem que estar louco para achar que isso é possível”, disse o escritor ao jornal Daily Telegraph. “Se um amigo me dissesse que iria fazer isso, eu perguntaria: ‘quem você pensa que é’?”, acrescentou o escritor de 71 anos, que se mostrou emocionado ao poder enfrentar o desafio. “Para um romancista inglês, tudo começa em Shakespeare.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.