Autor faz palestra em São Paulo

Ricardo Piglia vem ao Brasil em setembro para participar da série de eventos comemorativos aos 25 anos da Companhia das Letras. No dia 26, a partir das 20 horas, ele estará no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, para falar do tema Romance e Tradução. A mesma palestra será proferida dois dias depois no Rio de Janeiro, na sede do Instituto Moreira Salles.

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2011 | 00h00

O tema é muito caro a Piglia, considerado incansável pensador da literatura, posição que dividia com seu grande amigo Juan José Saer, já falecido.

Nascido em Adrogué, província de Buenos Aires, em 1941, Piglia teve como primeira atividade literária dirigir a coleção Série Negra, especializada em ficções policiais, e lançou na Argentina escritores como Raymond Chandler e Dashiel Hammett. A partir daí, tornou-se um produtivo pesquisador da literatura argentina, com ensaios importantes sobre Roberto Arlt, Jorge Luis Borges e Macedônio Fernández.

Inquieto, sempre se preocupou em recuperar escritores que estavam esquecidos e, principalmente, redefinir imagens cristalizadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.