Autor admite cenas fortes com atores menores

O autor de Laços de Família, Manoel Carlos, admitiu hoje que a novela já exibiu cenas fortes envolvendo atores menores de idade. Ele ressaltou, no entanto, que não escreve mais seqüências em que as crianças sejam expostas a qualquer tipo de violência."Não gostei quando a atriz Larissa Honorato, que interpretava a filha de Clara (Regiane Alves) e Fred (Luigi Barricelli) ficou tensa, durante uma discussão do casal", contou o autor, ressaltando que a menina foi substituída no início da novela por "não ter se adaptado". "Cometi um erro e, a partir daí, tirei as crianças de cenas de tensão". O autor disse ainda que não considera violenta a seqüência em que a personagem Raquel, interpretada pela menina Carla Dias, é atropelada por um carro. "Ela é um atriz e sabe que é tudo de mentira".Ontem à tarde, durante a regravação das cenas do casamento de Edu (Reynaldo Gianechini) e Camila (Carolina Dieckman) na igreja da cidade fictícia da novela das sete, Uga Uga (que fica nos estúdios da Rede Globo em Jacarepaguá, zona oeste do Rio), o elenco se mostrou revoltado com a proibição da participação de menores na novela.Giovana Antonelli, que na trama é a garota de programa Capitu, mãe do bebê Bruno (interpretados por dois gêmeos de 1 ano e três meses), disse que as crianças da novela recebem " tratamento especial" e que "não têm qualquer razão para ficar traumatizadas". "O que aconteceu é uma palhaçada, uma vergonha para a Justiça brasileira. Eu comecei na televisão aos 11 anos e não estaria aqui se essa decisão tivesse sido tomada quando era menor".Pai de dois filhos de 3 e 9 anos, Luigi Barricelli disse que "qualquer criança pode assistir à novela". "Isso tudo é uma regressão", disse. Também pai de dois filhos menores, Alexandre Borges contou que permitiria que eles atuassem e ressaltou que não proíbe que a filha de 12 anos assista a Laços de Família. Tony Ramos, que começou a atuar com 14 anos, disse que "a Justiça não deve se intrometer na produção artística". "Sou católico e sei muito bem o que é família. Essa novela incomoda porque mostra as feridas da sociedade".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.