Audiência na estreia de 'Paraíso' reanima Globo

A direção da Globo respirou aliviada com a estreia anteontem de Paraíso, novela de Benedito Ruy Barbosa. Com roteiro e direção competentes, o primeiro capítulo rendeu 25 pontos de audiência e 47% de share, ibope no universo de aparelhos ligados. Foi mais que o último capítulo de Negócio da China (23 pontos), que fechou sua média total em 20,3 pontos, a mais baixa na história do horário, e 38,4% de share, patamar bem inferior aos 50% que a Globo almeja.

AE, Agencia Estado

18 de março de 2009 | 09h36

O remake de Paraíso mistura elementos de outras novelas do autor - peão tocando berrante em plano aberto é puro Pantanal, e o sujeito que finca um facão no pé de um jequitibá, tendo salvado outro, devorado por formigas, remete a Renascer.

Audiência - Desde a novela Alma Gêmea (2005/2006), a Globo amarga queda no horário. A trama de Walcyr Carrasco rendeu 38,6 pontos de audiência e 62% de share. Sua sucessora, Sinhá Moça teve 33,1 pontos e 52,9% de share. Seguida de O Profeta, com 31,8 pontos e 55,2% de share. Eterna Magia conquistou 25,9 pontos e 44,4% de share. Desejo Proibido teve 23,4 pontos e 42,5% de share e Ciranda de Pedra 21,9 pontos e 38,2% de share. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
televisãoGloboParaíso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.