Atriz morre ao cair do 10.º andar de prédio em São Paulo

A atriz Ariclê Perez, de 62 anos, morreu no final da tarde deste domingo, por volta de 18h40, ao cair da janela do escritório de seu apartamento, no 10.º andar do edifício Diana, na rua Maranhão, Higienópolis, no centro de São Paulo. Ela estava sozinha em seu apartamento.O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas não chegou a tempo de prestar socorro. A morte chocou moradores e funcionários do prédio. Ariclê acabou de participar da minissérie JK, cujo último capítulo foi ao ar na sexta-feira. Ela dividiu com a atriz Júlia Lemmertz o papel de dona Julia Kubitschek, mãe do presidente.O zelador César Moura, 32 anos, que trabalha no prédio ao lado, foi o primeiro a perceber a queda. ?Eu ouvi um estouro parecido com uma bomba. Encontrei o corpo dela caído na frente de uma das garagens?, contou. Moura trabalha há 11 anos no prédio vizinho e disse que era um fã de Ariclê. ?Eu a via sempre passando pela rua. Ela era sempre muito gentil?, disse.Um sobrinho de Ariclê, cujo nome não foi divulgado, deixou a delegacia de polícia sem falar com a imprensa. Será aberto um inquérito para apurar as circunstâncias da morte.Mas o delegado de plantão, Dodney Martins, disse ter recebido informação do sobrinho da atriz de que não havia sinais de arrombamento no apartamento, nem foi dada falta de objetos.A delegada Elizabeth Sato esteve no local e acompanhou o trabalho de remoção do corpo. Segundo ela, a atriz não deixou bilhete que pudesse explicar as causas de um provável suicídio, não ligou para nenhum parente e deixou a casa arrumada, apenas com a mesa do café da manhã como estava.Natural de Campinas, Ariclê Perez Rangel iniciou a carreira em 1976, na novela Canção para Isabel, exibida na extinta TV Tupi. Sua primeira participação na Globo foi em Meu Bem, Meu Mal, em 1990. Na emissora, fez as novelas Felicidade, Salsa & Merengue e Anjo Mal. Participou ainda das minisséries Memorial de Maria Moura, Os Maias, A Casa das Sete Mulheres e Um Só Coração. No ano passado, atuou no filme Quanto Vale Ou É Por Quilo?, do brasileiro Sérgio Bianchi, que lhe rendeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante no festival Cine Ceará. Matéria alterada às 17h15

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.