Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Atriz Lindsay Lohan confirma ter sido reprovada em teste de drogas

Apesar de assumir erro, atriz tenta preservar imagem em uma série de textos no twitter

Estadão.com.br, com informações da Reuters

18 de setembro de 2010 | 12h05

A atriz Lindsay Lohan confirmou via twitter a informação de que foi reprovada em um teste de drogas, imposto como condição para ter saído de forma antecipada no mês passado de um programa de reabilitação em Los Angeles.

O site de celebridades TMZ.com havia noticiado nesta sexta-feira que o teste, realizado na semana passada por ordem do tribunal de Los Angeles, detectou uso de cocaína.

Veja também:

link Lindsay Lohan é suspeita de atropelar mulher com bebê documento

link Repleto de sangue, 'Machete' arranca sorrisos em Veneza documento

link Lindsay Lohan fala à 'Vanity Fair' sobre julgamento e drogas documento

Lohan escreveu uma série de textos, em uma clara tentativa de preservar sua imagem. "Infelizmente, eu realmente falhei no meu mais recente teste de drogas e, se preciso, estou preparada para me apresentar perante a juíza Fox na semana que vem", afirmou, em referência a Elden Fox, da suprema corte de Los Angeles.

Segundo os termos da condicional estabelecida em agosto, Lohan pode voltar a ser presa por 30 dias.

"O abuso de substâncias químicas é uma doença, que infelizmente não some da noite para o dia. Estou trabalhando duro para superar isso e tenho dado passos positivos todos os dias. Tenho feito testes todos os dias e feito tudo para prevenir erros no futuro", afirmou a atriz no microblog. Em outras postagens, ela agradece o apoio de pessoas ligadas a ela.

Histórico negativo

A carreira de Lohan entrou em crise em 2007, quando ela se envolveu em seguidos problemas com álcool e drogas. Após ser detida por dirigir embriagada, Lohan assumiu ser viciada, e foi internada três vezes em clínicas de reabilitação.

Em agosto deste ano, passou duas semanas presa por ter quebrado os termos da condicional de 2007 e, depois, ficou mais 22 dias em um programa de reabilitação, que teria duração total de três meses. Ao ser liberada, ela foi ordenada a se submeter a testes-surpresa de drogas duas vezes por semana.

Tudo o que sabemos sobre:
Lindsay Lohangentecelebridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.