Atriz Joan Fontaine morre aos 96 anos

Ela recebeu o Oscar por 'Suspeita' em 1942

Steve Gorman, Reuters

16 de dezembro de 2013 | 08h59

A premiada atriz Joan Fontaine, uma das últimas grandes damas da chamada Era de Ouro de Hollywood, morreu no domingo, aos 96 anos, enquanto dormia em casa, na localidade californiana de Carmel, segundo anúncio feito por um amigo.

De acordo com Noel Beutel, a saúde dela vinha declinando nos últimos dias. "Ela era uma mulher incrível, tinha um coração enorme, e fará falta", disse Beutel à Reuters, acrescentando que almoçou com ela na semana passada.

A carreira de Joan em Hollywood abarcou quatro décadas e dezenas de filmes importantes, como "Suspeita", pelo qual recebeu um Oscar em 1942.

Naquele ano, disputou a estatueta com sua irmã, Olivia de Havilland, numa rivalidade que marcaria sua carreira.

Havilland, que hoje tem 97 anos e vive em Paris, acabaria sendo premiada em 1946 e 1949, fazendo delas as únicas irmãs na história a receberem Oscars de atuação.

Fontaine também foi indicada por "Rebecca", de 1940, e por "The Constant Nymph", de 1943.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEFONTAINEMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.