Chris Pizzello/AP - Arquivo
Chris Pizzello/AP - Arquivo

Atriz Gloria Stuart, de 'Titanic', morre aos 100 anos nos EUA

Importante personalidade de Hollywood nos anos 1930, Stuart faleceu em casa

Reuters

27 de setembro de 2010 | 16h28

A atriz Gloria Stuart, importante personalidade de Hollywood nos anos 1930 e que alçou a fama ao interpretar uma sobrivente no filme "Titanic", em 1997, morreu aos 100 anos.  Sua filha, Sylvia Thompson, disse ao jornal "Los Angeles Times" que Gloria morreu na noite de domingo em sua casa em Los Angeles. Ela teve um câncer de mama diagnosticado há cinco anos, mas sobreviveu à doença.

"Ela simplesmente não deu nenhuma atenção à doença. Ela era uma mulher muito forte ...", disse Sylvia.

Gloria nasceu em 4 de julho de 1910 em Santa Monica, na Califórnia, e estudou drama e filosofia antes de dar início à carreira no teatro e, mais tarde, em filmes de Hollywood.

Foi uma das fundadoras do sindicato que representa atores e atrizes, o Screen Actors Guild, e tinha contrato com a Universal Studios e a 20th Century nos anos 1930.

Quando seu contrato terminou nos anos 1940, ela passou a trabalhar cada vez menos em filmes e, mais tarde, se dedicou à pintura. Gloria deixou o cinema em 1946 e cerca de 30 anos mais tarde voltou a trabalhar em filmes para a tevê, dando continuidade a seu trabalho nos anos 1980.

Foi "Titanic", do diretor James Cameron, que marcou seu retorno à fama Gloria, trabalho que lhe rendeu uma nomeação ao Oscar aos 87 anos - a atriz mais velha a ser nomeada a um Oscar em toda a história da premiação.

Ela interpretou a sobrevivente Rose idosa. A passageira também é vivida por Kate Winslet, quando jovem.  Em sua autobiografia de 1999, Gloria disse que "sabia que o papel que eu desejava e esperava por todos esses anos havia chegado", referindo-se à personagem em "Titanic".

Casou-se duas vezes, primeiro com Blair Gordon Newell, com quem se divorciou em 1934, e com Arthur Sheekman, até a morte dele, em 1978.

Tudo o que sabemos sobre:
GenteGloria StuartOscarTitanic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.