Atriz britânica de 101 anos retorna aos palcos

Norrie Woodhall, mulher tida como a última sobrevivente de um grupo de teatro dirigido pelo escritor inglês Thomas Hardy vai voltar ao palco aos 101 anos de idade. Norrie é uma das últimas pessoas ainda vivas a ter conhecido o escritor, autor de clássicos da literatura britânica como Judas, o Obscuro e Longe da Multidão de Madding. Ela era integrante do grupo Hardy Players, que se separou após a morte de Hardy, em 1928, aos 87 anos. O grupo voltou à ativa em 2005 com o nome New Hardy Players. Woodhall foi selecionada pelo próprio Hardy, em 1928, para fazer o papel de Liza Lu, irmã da personagem Tess em uma adaptação para o teatro do romance homônimo - filmado em 1979 por Roman Polanski, com Natassja Kinski no papel-título.A atriz vai voltar ao palco, desta vez para ler poemas do escritor, em um espetáculo intitulado Dorset Voices. O retorno de Woodhall à cena acontece 83 anos após sua atuação na montagem de Tess. Em entrevista à BBC, Woodhall disse que Hardy escreveu diálogos adicionais especialmente para ela. A atriz explicou que seu papel era pequeno: ela tinha apenas de correr pelo palco, se jogar nos braços da irmã e dizer: "Oh Tess, Tess!" "Era só isso", explicou Woodhall. Ela contou que Hardy pediu que ela lhe desse o script e acrescentou a seguinte frase: "Estou tão feliz que você tenha voltado para casa". Segundo a atriz, depois de escrever, Hardy olhou para ela e disse: "Assim está melhor, não?".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.