Atração do Festival de Curitiba faz temporada em SP

Única atração internacional doFestival de Teatro de Curitiba, o monólogo Discurso aosAnimais, criado a partir do texto Inquietação, de ValreNovarina, interpretado por André Marcon, estréia amanhã em SãoPaulo. Em Curitiba, o espetáculo foi apresentado no Teatro Paiol, um pequeno espaço em forma de semi-arena. No centro da arena,Marcon fala diretamente ao público, sem apoio de qualquerelemento cênico.Para um espetáculo assim, à primeira vista o Paiol seriao espaço ideal, pela proximidade entre ator e público. Ocorreque o espetáculo foi legendado numa altura que não permitia àplatéia olhar a um só tempo legendas e o rosto do ator.Para agravar, Marcon imprime um ritmo vertiginoso àinterpretação de um texto de leitura difícil "até mesmo para umespectador francês", como admitiu em debate com o público.Divididos entre mergulhar na estranha poética do autorou ler as legendas - que exibiam simultaneamente a ótimatradução de Angela Leite Lopes na íntegra, e, portanto, emvelocidade igualmente vertiginosa -, a maioria dos espectadoresoptou pelas legendas, o que quebrou o vínculo ator/platéia."Pela primeira vez me senti literalmente realizando otítulo do espetáculo", observou Marcon, visivelmente irritadocom a experiência. "Como um domador diante de feras, fiz umgrande esforço para prender a atenção do público", amenizou.Embora tivesse chegado a Curitiba vindo de Bogotá, foi aprimeira vez que apresentou o espetáculo para uma platéia semdomínio do idioma francês.A montagem integra um amplo projeto de difusão do teatrofrancês contemporâneo na América Latina. A apresentação deMarcon tem o mérito de despertar um real desejo de conhecer aintrigante poética de Novarina. "Em todos os seus textos elelança sempre esse olhar adulto/criança sobre o mundo", explicaMarcon. Um olhar a um só tempo encolerizado e perplexo com o quevê, sentimento que ele expressa reinventando sonoridades epalavras, num texto cuja elaboração nada tem de ingênua.Discurso aos Animais. De Valre Novarina. Espetáculo em francêscom legendas. Integra a "Temporada de Teatro FrancêsContemporâneo". Duração: 1 hora. Terça e quarta, às 21 horas.Grátis. Sesc Belenzinho. Avenida Álvaro Ramos, 991, tel. (11)6605-8143.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.