Ator Tom Sizemore é preso por violência doméstica

O ator Tom Sizemore foi preso sob acusação de violência doméstica contra sua noiva, informou um porta-voz da polícia.

REUTERS

06 de agosto de 2009 | 21h03

Sizemore, conhecido no papel de soldados em filmes como "Resgate do Soldado Ryan" e "Falcão Negro em Perigo", foi preso na noite de quarta-feira, em uma casa em Los Angeles, após a polícia receber um telefonema de emergência do sobrinho da noiva do ator, disse o porta-voz da polícia Chris No.

A noiva, que não foi identificada, recusou tratamento ambulatorial, informou No.

Sizemore, de 47 anos, foi autuado sob acusação de violência doméstica e teve a fiança estabelecida em 20 mil dólares.

A prisão foi a última confusão em que Sizemore se envolveu. Em maio, ele foi detido em uma batida policial por porte de drogas, na cidade de Bakersfield, Califórnia.

Em 2003, o ator foi condenado por abusar de sua então namorada Heidi Fleiss, conhecida como "Madame Hollywood", que operava uma rede de prostituição.

Sizemore foi sentenciado a seis meses de prisão por abusar de Fleiss, mas a pena foi adiada para que ele pudesse se submeter a tratamento contra as drogas. Em 2005, ele foi condenado a 17 meses de detenção por violar a condicional.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTESIZEMOREPRISAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.