Ator Jude Law pede dia de paz no Afeganistão

Os militantes, as forças estrangeiras e ogoverno do Afeganistão devem largar as armas por um dia, comoprimeiro passo em direção à paz, disse o ator de Hollywood JudeLaw nesta segunda-feira. Indicado ao Oscar duas vezes, Jude Law foi ao Afeganistãopara promover um novo documentário da organização Peace One,que faz campanha por um cessar-fogo global no dia 21 desetembro, o Dia Internacional da Paz da Organização das NaçõesUnidas. "Por favor, marquem esse dia. A necessidade, agora, é maiordo que nunca", disse Law em uma entrevista coletiva em Cabul. A violência no Afeganistão aumentou. Mais de 2.500 pessoas,incluindo mil civis, foram mortos nos seis primeiros mesesdeste ano, de acordo com agências humanitárias. Law também visitou o Afeganistão em 2007, para filmar odocumentário, que conta a jornada de 10 anos do premiadocineasta Jeremy Gilley pelo país, para estabelecer um dia depaz. O filme, chamado "O Dia Depois da Paz", também tem acelebridade de Hollywood e ativista pelos direitos humanosAngelina Jolie. O documentário estreou no Festival de Cannes,em maio. O pedido de Law e Gilley ajudou a estabelecer um enormeprograma de vacinação contra a poliomielite no dia 21 desetembro do ano passado, em algumas das partes mais sensíveisdo Afeganistão. Cerca de 1,4 milhão de crianças receberam avacina, disse a organização Peace One Day.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.