Arquivo/AP
Arquivo/AP

Ator Johnny Lewis é encontrado morto em LA após ser suspeito de assassinato

Catherine Davis, de 81 anos, foi morta um dia antes; o ator alugava um quarto na sua casa

Reuters

27 de setembro de 2012 | 13h53

O ex-ator de Sons of Anarchy Johnny Lewis foi encontrado morto nesta quarta-feira, 27, em um bairro de Los Angeles, onde se suspeita que ele assassinou uma mulher de 81 anos de quem ele alugava um quarto, afirmou a polícia na quinta-feira, 28.

A polícia recebeu uma ligação na manhã de quarta-feira sobre uma mulher que estava gritando no bairro de Los Feliz e ao retornarem o chamado encontraram Catherine Davis morta em sua casa, afirmou o oficial do Departamento de Polícia de Los Angeles, Cleon Joseph.

Joseph disse que Lewis, de 28 anos, também estava morto na entrada da garagem de sua casa após ter caído ou ter pulado do telhado.

O oficial disse que as circunstâncias em torno das mortes ainda estavam sendo investigadas na quinta-feira.

"Detetives acreditam que ele pode ter cometido assassinato", disse o policial sobre o ator, acrescentando que o motivo era desconhecido.

Lewis tinha um papel coadjuvante nas primeiras duas temporadas de Sons of Anarchy, uma série dramática da televisão com um clube de motociclistas fora da lei. Ele interpretava Kip Epps, um veterano da guerra do Iraque que anda com o clube de motociclistas que aparecem no programa.

O ator nascido em Los Angeles havia aparecido anteriormente diversas vezes nas séries de TV Boston Public e The O.C..

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEJOHNNYLEWISMORTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.