Ator Hugh Grant fecha acordo sobre grampos telefônicos

O ator britânico Hugh Grant aceitou uma "soma substancial" em um acordo por sua ação por danos por grampos telefônicos contra os editores do extinto tablóide News of the World, disse seu advogado na sexta-feira.

Reuters

21 de dezembro de 2012 | 18h55

O ator, crítico estridente da cultura de tablóides da Grã-Bretanha, vai doar o dinheiro para o "Hacked Off", um grupo de pressão que ajudou a formar um inquérito público sobre práticas da imprensa.

"Hugh Grant encerrou hoje seus pedidos de indenização e outras ações legais decorrentes das atividades ilegais de jornalistas do News of the World e outros ao longo de vários anos", disse o advogado do ator em um comunicado.

Grant, que deu provas ao inquérito Leveson sobre conduta da imprensa britânica em novembro de 2011, foi uma das várias figuras de alto perfil que lançaram uma ação legal contra o braço britânico da News Corp, de Rupert Murdoch.

(Reportagem de Alessandra Prentice)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEHUGHGRANTACORDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.