AP Photo/Thibault Camus
AP Photo/Thibault Camus

Ator Forest Whitaker é nomeado embaixador da boa vontade da Unesco

O ator ganhou o Oscar por sua interpretação do ditador ugandense Idi Amin em 'O Último Rei da Escócia'

Efe,

21 Junho 2011 | 17h15

Paris, 14 fev (EFE).- O ator americano Forest Whitaker, que em 2007 ganhou o Oscar de melhor ator por sua interpretação do ditador ugandense Idi Amin em O Último Rei da Escócia,  foi nomeado nesta terça-feira embaixador da boa vontade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Na entrega do título, que aconteceu na sede da entidade, a Unesco exaltou a carreira de Whitaker, premiado como melhor ator no Festival de Cannes em 1988 por Bird, dirigido por Clint Eastwood, mas também por sua ampla trajetória humanitária.

O ator, que conta em sua filmografia com célebres interpretações em obras como Traídos pelo Desejo, de Neil Jordan, e Smoke, de Wayne Wang e Paul Auster, participou de diferentes iniciativas para ajudar às crianças-soldado na África, contra os abusos a adolescentes e para defender os direitos dos animais.

Além disso, foi o produtor-executivo do documentário Kassim the Dream, que narra a vida de um ugandense sequestrado pelas milícias rebeldes que foge para os Estados Unidos, onde chega a conquistar o título de campeão do mundo de boxe juvenil e a conseguir um futuro como profissional da modalidade.

Natural de Los Angeles, Whitaker colabora com a ONG Hope North, que se ocupa, entre outros assuntos, de ajudar crianças e adolescentes em Uganda, e é integrante da organização Peta para a proteção dos direitos dos animais. EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.