Rebecca Sapp/WireImage
Rebecca Sapp/WireImage

Ator de '007 Contra A Chantagem Atômica', Earl Cameron morre aos 102 anos

Mais recentemente, ele fez o filme 'A Intérprete', com Nicole Kidman e Sean Penn

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2020 | 18h40

O ator Earl Cameron, que interpretou Dr. Pinder em 007 Contra a Chantagem Atômica, morreu neste sábado, 4, aos 102 anos. A causa da morte não foi divulgada.

Nascido em Bermudas, Camerom estreou no filme Pool of Londos, como protagonista, algo raro para um ator negro na época. O sucesso na televisão e cinema na Grã-Bretanha o levou a contracenar com Sean Connery em 007 Contra a Chantagem Atômica, de 1965.

Entre os trabalhos mais recentes, Cameron fez A Intérprete, com Nicole Kidman e Sean Penn. Em 2010, esteve em A Origem. Ele também atuou na série Doctor Who

Nesse ano, o ator comentou sobre a indústria do cinema e séries e artistas negros. "Há muito talento por aí e acho que a cinematográfica britânica prosperaria com eles."

 

Tudo o que sabemos sobre:
Earl CameroncinemaJames Bond

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.