Ator Cláudio Corrêa e Castro teve alta da UTI

Internado desde maio no Centro de Terapia Intensiva (CTI), do Hospital de Clínicas Niterói (HCN), o ator da TV Globo, Cláudio Corrêa e Castro, de 77 anos, recebeu alta da UTI no último domingo, e já se encontra no quarto, sem previsão de alta hospitalar, segundo informou hoje a assessoria de imprensa do hospital. Corrêa e Castro, cujo mais recente papel na televisão foi na novela da Globo Chocolate com Pimenta (2003), como o Conde Klaus Von Gurgo, foi submetido, no dia 26 de abril, a uma cirurgia cardíaca, e recebeu alta no dia 6 de maio. Em 24 de maio, o ator precisou ser internado novamente, com um quadro infeccioso "decorrente da ferida operatória na perna esquerda e no antebraço esquerdo", segundo boletim divulgado na época. Segundo o médico responsável pelo paciente, Daniel José da Silva Filho, Cláudio Corrêa e Castro está sob "antibioticoterapia intravenosa, recebe curativos diários da equipe de cirurgia plástica e tratamento de estomaterapia (especialidade da enfermagem, voltada para o cuidado de pessoas com feridas agudas ou crônicas)", diz o boletim divulgado hoje. Ainda de acordo com o documento, "desde a semana passada, o paciente está recebendo sessões diárias de oxigenoterapia hiperbárica - modalidade de tratamento que utiliza o oxigênio como agente terapêutico para acelerar a cicatrização e facilitar a atuação dos antibióticos - pela equipe de Medicina Hiperbárica da Beneficência Portuguesa, na Glória, Rio de Janeiro".O ator participou de diversas novelas marcantes da Globo, como as versões originais de Cabloca, no papel do coronel Boanerges, e Mulheres de Areia, como Virgílio; Dancin´ Days, como Franklin. Ele também atuou em minisséries, como Agosto, Incidente em Antares, Engraçadinha e A Muralha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.