Ativistas fazem protesto contra rodeios em novela

A partir das 19 horas de hoje, ativistas ligados a instituições de proteção animal, como o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, farão um protesto no vão livre do Masp contra rodeios, em boicote à novela das nove da Globo, América, escrita por Glória Perez.De acordo com essas organizações, os animais utilizados nos rodeios são submetidos a maus-tratos variados. "São shows de dor e tortura, assim como também os são as rinhas, as touradas, as vaquejadas e a farra do boi", diz o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal em nota que convida a população a participar do protesto. Peiteira, corda americana, sinos, sedém e esporas são instrumentos que provocam dor intensa nos animais e os fazem saltar durante os rodeios. No site da organização, é possível fazer um cadastro para receber adesivos com os dizeres "Eu odeio rodeio".Antes mesmo da estréia da novela, Glória Perez sofreu ataques via internet de militantes de ONGs de proteção aos animais. Internautas enviaram ameaças - cerca de 8 mil mensagens - à autora em sua página no site de relacionamentos Orkut. Muitas das mensagens traziam imagens do corpo de sua filha, a atriz Daniella Perez, que foi assassinada em 1992. A militância em prol dos animais seria defendida pelos personagens de Gabriela Duarte (a veterinária Simone), de Caco Ciocler (o intelectual Ed) e de Raul Gazolla (o advogado Helinho), na novela. Depois dos incidentes, Glória decidiu cortar a participação de militantes do enredo de América. "Não vamos penalizar os animais", explica a autora, que manterá o tema na novela e a trajetória desses três personagens, sem diminuir seus papéis, mas sem a militância.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.