Ateliê de Gravura tem oficinas gratuitas

Com o objetivo de ajudar na formação cultural de pequenos cidadãos, o Itaú Cultural realiza um programa divertido para toda a família e, especialmente, para a garotada. Até o dia 18 de fevereiro, sempre às terças, quintas, sábados e domingos, das 10 h às 13 h e das 15 h às 18 h, ocorrem gratuitamente as oficinas do Ateliê de Gravura. Para participar basta retirar a senha com uma hora de antecedência, na recepção do Piso Leôncio. Parte do Programa Compartilhar, idealizado pela Ação Educacional do Itaú Cultural, o ateliê está relacionado com o tema da exposição deste ano Investigações: A Gravura Brasileira que, além de poder ser visitada, proporciona atividades em diversas áreas de expressões artísticas. Segundo Flávia Aidar, gerente do Núcelo de Projetos e da Ação Educacional do Itaú Cultural, o ateliê propõe que as crianças formem um repertório de informações que as torne mais críticas, curiosas e reflexivas. "A intenção é familiarizar o público com as ferramentas de trabalho do artista e com as diferentes técnicas e processos de reprodução utilizados na gravura no Brasil", afirma. Orientadas por monitores, as pessoas recebem informações sobre as diferentes modalidades de gravura - xilogravura (sobre madeira), calcogravura (metal), linoleogravura (linóleo) ou litogravura (pedra) - de maneira didática. "Elas também são estimuladas a criar suas próprias gravuras." Na Sala de Leitura, o público encontra um espaço agradável com livros e vídeos para todas as idades sobre as questões propostas na exposição. No espaço Vendo e Aprendendo são apresentadas as técnicas para a gravação de matrizes. As atividades também são abertas e organizadas para grupos escolares e professores.

Agencia Estado,

25 de dezembro de 2000 | 16h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.