Assessor de Heather Mills se demite após ataque dela à mídia

O porta-voz de Heather Mills, ex-mulherde Paul McCartney, pediu demissão de seu cargo devido àsentrevistas que ela concedeu à televisão em que acusou a mídiade tachá-la de "prostituta" e "alguém que quis dar o golpe dobaú". O desabafo da ex-modelo e ativista, que virou notícia deprimeira página dos tablóides britânicos na quinta-feira, foium erro, segundo Phil Hall. "Foi com certeza um equívoco (dar essas declarações)",disse Hall, contratado por Mills em 2006 quando ela e McCartneyanunciaram sua separação. Eles se casaram em 2002 e têm umafilha, Beatrice. "Estou muito triste com isso", disse Hall à Reuters."Passamos por muitas coisas nos últimos dois anos, e é umapena." Ex-editor da publicação News of the World, Hall renunciouao cargo de intermediário principal de Heather Mills com aimprensa quando ela lhe falou de seus planos de conceder asentrevistas. Falando à GMTV na quarta-feira, Mills acusou os tablóidesde assediá-la a ponto de quase levá-la ao suicídio. "Eles já me chamaram de prostituta, de alguém que quis daro golpe do baú, de fantasiosa, de mentirosa -- coisas quemagoam incrivelmente", disse ela, em vários momentos lutandopara não se debulhar em lágrimas. Hall disse que tinha aconselhado Mills a não reagir àscríticas negativas na imprensa. "Minha opinião é que é preciso ter boas relações com amídia para transformar as críticas negativas em positivas, esempre aconselho que as pessoas ignorem as calúnias que lhessão feitas", explicou. Mills, 39 anos, vem sendo difamada por parte da imprensadesde que se casou com Paul McCartney, visto por muitosbritânicos como ícone cultural. O escrutínio de sua vida particular e passada vem sendointenso desde que foi anunciada a separação dela do ex-Beatle,especialmente porque ela e McCartney estão envolvidos numdivórcio litigioso.

MIKE COLLETT-WHITE, REUTERS

01 de novembro de 2007 | 13h48

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEMILLSIMPRENSA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.