As queridinhas dos autores de novela

Nem todas estão preparadas para ser donzela das oito. Mais do que bela estampa, é preciso carisma. É por isso que as carinhas do horário nobre pouco mudam. No rodízio de ilustres, Suzana Vieira, Regina Duarte e Glória Pires sempre estão lá. Deborah Secco, Ana Paula Arósio e Carolina Dieckmann também dão ibope alto.Una Bella Ragazza Ana Paula Arósio tem cara de época, mas atuar em duas novelas italianas seguidas (Terra Nostra e Esperança) é overdose. Só Benedito Ruy Barbosa não concorda com isso.Bichinha arretada Impossível não rir das tramas cheias de dendê de Aguinaldo Silva. Senhora do Destino trocou a heroína boba por uma cinqüentona esquentada, Suzana Vieira. E funcionou.Chorona profissionalPobre Sol (Deborah Secco). Deve ter encerrado América com desidratação profunda. Ao menos, ela se consolava com o souvenir trazido dos EUA pela tia.Paulistana chique Júlia (Glória Pires) ficou sem dinheiro mas não perdeu a pose. Até depois do golpe do baú, ela foi morar em um belo flat. Melhor assim: sofrimento na medida certa.A eterna Helena Mestre em mostrar a vida como ela é (ou como ela é no Leblon), Manoel Carlos não abre mão de ter Regina Duarte. Para os saudosos, lá vem ela em Páginas da Vida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.