Felipe Rau|Estadão
Felipe Rau|Estadão

"As atribuições do Iphan estarão preservadas", diz Marcelo Calero

Novo Ministro da Cultura afirmou que vai se reunir com os servidores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Leandro Nunes, O Estado de S. Paulo

10 de junho de 2016 | 18h01

Na tarde dessa sexta-feira, 12, o novo ministro da Cultura Marcelo Calero se reuniu com o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) Paulo Skaf, com produtores culturais e representantes da classe artística para discutir projetos culturais e parcerias na cidade. Entre os presentes estava o maestro João Carlos Martins e o presidente da escola de samba Vai-Vai Edimar Tobias.

Após a reunião, o ministro comentou com a imprensa que a intenção do encontro foi debater com representantes do segmento os principais mecanismos da cultura, como a Lei Rouanet. “Está claro que essa ferramente precisa de atualizações e queremos que isso seja uma tarefa de todos, não apenas do ministério.” Calero acrescentou que não se deve demonizar o sistema. “A Rouanet é a responsável pelo financiamento cultural no Brasil e é grave o que a gestão anterior fez. É preciso garantir a manutenção de projetos artísticos, espaços culturais e museus. Não podemos tratar a Rouanet como a Geni da vez.”

Calero defendeu que a criação da Secretaria Especial de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sephan), feita por medida provisória no governo interino de Michel Temer, não vai substituir o trabalho do já consolidado Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). “A secretaria está prevista mas ainda não será implementada. Da mesma maneira, as atribuições do Iphan estarão preservadas.” O ministro afirmou que na próxima semana vai se reunir com os servidores do Iphan. “Nada vai acontecer sem um amplo debate.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.