David de la Paz/Efe
David de la Paz/Efe

Artur Barrio vence Prêmio Velázquez de Artes Plásticas 2011

O prêmio reconhece a universalidade da linguagem do artista nascido em Portugal em 1945 e radicado no Brasil

Efe,

10 de maio de 2011 | 14h48

MADRI - O artista plástico português radicado no Brasil Artur Barrio foi agraciado nesta terça-feira, 10, com o Prêmio Velázquez de Artes Plásticas 2011, no valor de 125 mil euros (US$ 180 mil), anunciou a ministra de Cultura espanhola, Ángeles González Sinde.

O prêmio reconhece a universalidade da linguagem do artista nascido em 1945 em Portugal, que se expressa utilizando materiais não convencionais, como o lixo.

A ministra espanhola destacou que Barrio constrói em suas obras "uma poética radical que produz uma relação e um eco com as situações políticas".

Além disso, explicou que seu trabalho "explora o efêmero e o transitório" e que ele se interessa "pelos efeitos simbólicos e a aparição de uma beleza inesperada".

Entre os trabalhos mais emblemáticos de Barrio, que ainda não foi comunicado sobre o prêmio, a artista colombiana Doris Salcedo, última vencedora do Prêmio Velázquez, destacou "Trouxas Ensanguentadas", no qual ele utilizou sangue, plástico, pedaços de carne e ossos.

O prêmio Velázquez é concedido pelo Ministério de Cultura da Espanha desde 2002.

O júri esteve presidido pela diretora geral de Belas Artes e Bens Culturais, Ángeles Albert de León; pela curadora da Tate Modern, Sheena Vanessa Wagstaff; pela crítica de arte, Alícia Murría, entre outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.