Artistas jovens ganham exposição em SP

Artistas plásticos jovens e ainda pouco conhecidos vão ganhar uma exposição no Espaço Virgílio (rua Doutor Virgílio de Carvalho Pinto, 428), a partir de hoje. O espaço, até então utilizado por artistas plásticos como ateliê e escola, vai reunir 50 obras, entre desenhos, gravuras, pinturas, esculturas e instalações de 22 artistas paulistas. A curadora da coletiva, Izabel Pinheiro, conta que a exposição pretende transformar o Espaço Virgílio num centro de artistas e que a escolha dos nomes para compor a exposição demorou três meses. "Visitei vários ateliês e procurei os trabalhos que considerei mais importantes para o tempo em que vivemos". Não há um tema que una as obras e Izabel diz que a idéia é reunir um mesmo olhar sobre a obra de arte em geral. Entre os trabalhos apresentados ela destaca a instalação de José Carlos de Souza, as pinturas de Marcus Vinicius e Roger Barnabé e os desenhos e gravuras de Patricia Kondo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.