AFP PHOTO / CHARLY TRIBALLEAU
AFP PHOTO / CHARLY TRIBALLEAU

Artistas expressam apoio a mexicanos após terremoto

Gael García Bernal, Antonio Banderas e a cantora Thalia usaram as redes sociais para manifestar solidariedade ao país

EFE

08 de setembro de 2017 | 18h06

CIDADE DO MÉXICO - Rostos famosos do cinema e da música expressaram preocupação e apoio nas redes sociais após o terremoto que atingiu o México na noite de quinta-feira, 7, inclusive com campanhas solidárias para ajudar os afetados.

O tremor, de 8,2 graus na escala Richter, deixou até o momento um saldo de 58 mortos no sul do país, sendo 45 em Oaxaca, 10 em Chiapas e 3 em Tabasco. Em pouco tempo, as hashtags #PrayForMexico ("Rezem pelo México") e #FuerzaMexico ("Força, México") apareceram entre os assuntos mais comentados das redes.

A cantora Paulina Rubio e o ator Gael García Bernal utilizaram os seus perfis no Twitter para perguntar se os seus seguidores tiveram algum problema.

"Obrigado por reportarem que estão bem. Abraços e muito carinho do outro lado da placa tectônica", respondeu pouco depois o ator de Amores Brutos e Diários de Motocicleta, entre outros.

O também ator Diego Luna, de Rogue One: Uma História Star Wars, agradeceu pelas mensagens de apoio e apontou que ele e a sua família estavam bem após o tremor.

O cantor espanhol Alejandro Sanz prestou solidariedade a todos no México e na Guatemala ao expressar o seu "amor incondicional" à população desses países.

O ator Antonio Banderas, também espanhol, enviou "muita força" tanto aos afetados pelos furacões Harney e Irma como às vítimas do terremoto.

Outra a se manifestar nas redes sociais foi a cantora mexicana Thalia, que postou no Twitter uma imagem com supostos desabrigados pelo terremoto.

"Enviando amor, abraços, orações e apoyo aos meus irmãos mexicanos que estão sofrendo os estragos do terremoto. Rezando pelo México", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.