Artistas brasileiros participam de festival em Paris

Cem artistas brasileiros participarão neste ano do Festival de Outono de Paris, inspirado na criação artística, plástica e musical brasileira, dentro das comemorações do Ano do Brasil na França.Diferentes salas, espaços e teatros da capital francesa receberão esta rica presença latina, reflexo do desejo de mostrar "a vitalidade da cena artística contemporânea" do Brasil, ressaltou o diretor do festival, Alain Crombecque.A lista de celebridades convidadas para criar obras plásticas e espetáculos especialmente para a cidade de Paris é liderada por Marepe, no Centro Pompidou. Marepe, pseudônimo artístico de Marcos Reis Peixoto, inaugura uma instalação chamada Vermelho-amarelo-verde-azul, inspirada nas quatro cores que caracterizam a arquitetura do edifício.Também em Beaubourg, este baiano de 35 anos, conhecido pela Bienal de Veneza e pelos mercados de arte dos EUA e da Alemanha, fará uma performance que será repetida nos dias 1º e 29 de outubro.Tunga, Dias & Riedweg e Rosângela Rennó, com seu longo diário filmado e o esperado "caos" de Artur Barrio são alguns dos artistas que mostrarão suas criações no Festival.A mostra de outono trará três espetáculos teatrais de Enrique Diaz, dois deles na Cité Internationale, a partir de 7 de outubro, até 6 de dezembro.Haverá dança, principalmente muito samba, com o Brasil Brasileiro, de Claudio Segóvia, e novas propostas, como a multidisciplinar Lia Rodrigues e o hip-hop filosófico de Bruno Beltrão, que de 30 de novembro a 4 de dezembro apresentará uma coreografia sua no Centro Pompidou. Beaubourg também será sede de um colóquio sobre o Brasil e seus paradoxos, entre 28 e 29 de outubro.No dia 5 de dezembro, na Cinemateca Francesa, haverá a mostra Noite de Cores, com projeções de filmes de Carmen Miranda, chanchadas e rituais de candomblé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.