Artista vende almôndegas feitas com sua própria gordura

O provocador artista chileno-dinamarquês Marco Evaristti montou uma instalação em uma galeria de Aalborg, na Dinamarca, na qual vende cerca de dez almôndegas feitas com sua própria gordura e embaladas com sua foto, ao valor de US$ 4.390 a unidade.Evaristti aproveitou a gordura de uma lipoaspiração que fez para preparar almôndegas que foram comidas em um "happening". Com o restante, o artista colocou em vasilhas e batizou o produto de "Polpette al grasso di Marco" (almôndegas com a gordura de Marco), e montou uma instalação com neon que está atualmente em Aalborg."Quanto mais alteramos nosso corpo, mais nos afastamos de Deus. Queremos ser o homem ideal, mas não temos nenhuma cultura de preservar a imagem divina de nós mesmos", disse hoje o artista à rede de televisão pública DR.Com o rótulo "Coma-me, sou arte", estas almôndegas se juntam à lista dos polêmicos projetos artísticos de Evaristti, nascido no Chile em 1963 e que mora na Dinamarca desde 1985.Há vários anos, Evaristti montou uma instalação na qual os visitantes podiam matar peixes apertando o botão de liquidificadores onde os animais estavam, e que foi exposta, entre outros, no Museu de Arte Contemporânea de Santiago do Chile.

Agencia Estado,

14 de abril de 2006 | 13h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.