Artista mistura cerveja e ópera em exposição em Atenas

Cerveja e ópera não costumam andarjuntos, exceto quando se pensa em um estilista inspirado peladiva Maria Callas. O estilista grego Nikos Floros, que mora em Nova York,cortou 20 mil latas de refrigerante e cerveja em tirinhas e asusou para criar sapatos e roupas inspiradas em óperas famosascantadas por Callas, para uma exposição em Atenas. O resultado é uma ilusão de óptica que transforma oalumínio em tecido. Um vestido prateado, feito de latas derefrigerantes, foi inspirado pela ópera Tosca. Outro baseou-seem La Traviata, e ambos, além das latinhas, têm franjas feitasdos fechos das latas. "Quis fazer alguma coisa com produtos de consumo, porqueacho que nossos templos modernos hoje são os supermercados eshoppings ... Em outras palavras, 'consumo, portanto existo"',disse Floros. O artista segue a tradição da pop art, que faz lembrar deAndy Warhol e suas latas de sopa Campbell's. Levou um ano para concluir algumas das peças, e Florospassou mais de dez horas por dia cortando as tirinhas etrançando-as. A coleção completa, com 14 peças, demorou cincoanos para ser terminada. O grego ia a restaurantes buscar aslatinhas, mas muitas foram compradas por ele mesmo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.