Arte perde Paulo Vasconcellos aos 78

Foi enterrado ontem, no Cemitério do Araçá, o marchand Paulo Vasconcellos, pai do fotógrafo Cássio Vasconcellos, que, nas décadas de 1980 e 1990, manteve no Jardim Europa uma galeria que lançou artistas contemporâneos hoje atuantes no mercado. Vasconcellos foi um grande colecionador de arte, especialmente dos neoconcretos, possuindo em seu acervo obras de Lygia Clark. Nascido em Teresópolis há 78 anos, Vasconcellos, que era cardíaco, acabara de voltar de uma viagem de Natal com a família quando se sentiu mal, anteontem à noite. Membro do conselho do Museu da Casa Brasileira, Vasconcellos deixa três filhos: Paulo, Cássio e Andrea.

, O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.