Arquivos da psiquiatra de Anna Nicole Smith serão investigados

A modelo e ex-coelhinha da 'Playboy' morreu de overdose acidental em 2007

Efe,

18 de março de 2008 | 09h49

Um juizado de Los Angeles autorizou na segunda-feira, 17, que seja investigado o computador da psiquiatra que prescreveu medicamentos à modelo Anna Nicole Smith, que morreu de overdose acidental em 2007. Segundo a imprensa local, o advogado da psiquiatra Khristine Eroshevich foi contra a decisão, alegando o direito de manter em sigilo a informação que o médica tem em seu computador, para resguardar a confidencialidade dos pacientes. O juiz, no entanto, optou por permitir aos agentes ter acesso aos arquivos de Khristine, mas para isso será usado um programa especial de busca, que irá recuperar somente os documentos relevantes para o caso. Em outubro, o Departamento de Justiça da Califórnia fez uma operação nas casas e escritórios dos médicos que prescreveram medicamentos à ex-coelhinha da Playboy, que morreu na Flórida em fevereiro de 2007.

Tudo o que sabemos sobre:
Anna Nicole Smith

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.