AP
AP

Arquiteto Hans Hollein morre aos 80 anos

Austríaco venceu o Prêmio Pritzker, o Oscar da arquitetura, em 1985

O Estado de S. Paulo

24 de abril de 2014 | 10h05

O arquiteto austríaco Hans Hollein morreu nesta quinta-feira, 24, em Viena devido à “uma grave doença”, disse sua família à agência de notícias APA. Ele tinha 80 anos e venceu o Prêmio Pritzker – o Oscar da arquitetura – em 1985.

::: Cultura Estadão nas redes sociais :::
:: Facebook ::
::  Twitter ::

De acordo com a APA, o arquiteto não pôde participar de sua última festa de aniversário, em março, por conta de uma pneumonia. Hollein se destacou não só como arquiteto , mas também como designer de móveis, decorador de teatros, professor universitário e diretor de instituições de arte como a Bienal de Arquitetura de Veneza, em 1996.

Entre as obras de Hollein se destacam a renovação do Museu Albertina e o projeto do edifícioHaas Haus, em Viena, e a torre 515 Pezet e o edifício Interbank, localizados em Lima. Suas obras arquitetônicas também estão em países como a Alemanha, Estados Unidos, Espanha e França, onde recebeu a Ordem Nacional da Legião de Honra.

O Museu de Arte Moderna de Viena abre em 25 de junho uma retrospectiva do trabalho de Hollein , que agora servirá como homenagem póstuma. Vários projetos seus estão pendentes, como uma torre de 200 metros de altura na cidade de Shenzhen, China. (Com informações da EFE)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.